Jaime Ferreira - Artes Gráficas
 
  português english português english português english
 
english português english
 
 
   
Área Reservada
username
password
 
 
INFO TÉCNICA
   
Impressão
Fotolito, DTP/CTP
CMYK
  Preto
   
Redes Sociais
Facebook Google Plus Linkedin Tumblr Twitter
 
IMPRESSÃO OFFSET | CMYK

É a sigla em língua inglesa de Cyan, Magenta, Yellow, Black (ciano, magenta, amarelo e preto), é um sistema de cores baseado na síntese subtractiva, segundo a qual, a mistura em partes iguais dos três pigmentos primários
substrativos (ciano, magenta e amarelo) resulta em preto. CMYK contém quatro pigmentos; os mencionados três primários mais o preto.


CMY(K) funciona devido à absorção de luz. As cores que são vistas vêm da parte da luz que não é absorvida.

CMY(K) como oposição ao RGB
Ciano é a cor oposta ao vermelho, o que significa que actua como um filtro que absorve a dita cor (- R + G + B). Magenta é a oposta ao verde (+ R - G + B) e amarelo é a oposta ao azul (+ R + G - B). Assim, magenta mais amarelo produzirá vermelho; magenta mais ciano, azul; e ciano mais amarelo, verde.


O CMYK que se usa na indústria gráfica é baseado na mistura de tintas sobre o papel, enquanto que o CMYK usado nos sistemas de computador não passa de uma variação do RGB. O espectro de cores CMYK (gráfico)
é significativamente menor que o RGB, o que quer dizer que nem todas as cores vistas no monitor podem ser conseguidas na impressão.
 
 
DICAS ÚTEIS
Muitos softwares gráficos permitem
trabalhar em "espaços de cor" RGB ou CMYK. Os scanners e monitores usam o RGB, combinações de apenas três cores:
vermelho (R = red), verde (G = green) e azul (B = blue), cores básicas da luz. Já os impressos usam um jogo de cores com pigmentos diferentes: ciano (parecido com azul), magenta (parecido com vermelho), amarelo e preto (chamado "CMYK").



   
   
   
 
   
Copyright 2014 © Grupo AMDF - Comunicação Visual  |  Powered by Grupo AMDF - Comunicação Visual
português english Facebook Google + Linkedin Tumblr Twitter